Amor e cocaína

Love is like cocaine

Quando você se apaixona uma região no cérebro
inunda outra área, também no cérebro, com dopamina.
Essa área, por sua vez, pede mais dopamina.
Quanto mais dopamina, mais apaixonado você fica.

O mesmo acontece quando alguém usa cocaína…

Será cocaína como o amor?
Ou será o amor como a cocaína?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s